No dia 16 de março, o Atlético de Madrid confirmou a grave lesão de Filipe Luis. Uma fratura na fíbula da perna esquerda que ameaçava acabar com as possibilidades do lateral terminar a temporada com o clube espanhol e estar na lista final de Tite para a Copa do Mundo da Rússia.

Rapidamente, a opção foi a cirurgia. A previsão de recuperação era de 8 semanas, ou seja, Filipe voltaria muito justo para uma hipotética final da Europa League. Voltaria a poucas semanas da Copa do Mundo. Mas Filipe Luis nunca desistiu, se negou a acreditar que a temporada estava perdida e que o sonha da Copa era inalcançável.

Filipe Luis se recupera de grave lesão em tempo recorde

43 dias depois, ele voltou aos treinos. As 8 semanas de recuperação se transformaram em 6 semanas e um dia. Neste sábado, ele voltou a treinar com o grupo de jogadores. Não só voltou aos treinos, como voltou bem. Tocando a bola com naturalidade, com velocidade, como se a grave lesão nunca tivesse acontecido.

Filipe Luis volta a treinar com o Atlético de Madrid, objetivo é a Copa do Mundo

O lateral trabalha duro para voltar aos gramados o quanto antes. O objetivo é a final da Europa League. O objetivo é a Copa do Mundo. Aos 32 anos, esta é a última oportunidade de Filipe estar em uma Copa do Mundo. A temporada está sendo marcada pelas lesões – 6 no total – e pelo brio de um jogador que se nega a desistir.

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here