No último domingo o estádio Vicente Calderón comemorou 50 anos. A atual casa do Atlético de Madrid foi inaugurada no dia 2 de outubro de 1966. Naquele então, o Atlético empatou a partida com o Valencia, com um gol marcado por Luis Aragonés. Neste 2 de outubro de 2016, o clube abriu as portas do estádio para receber os sócios já que a equipe disputava sua partida pela Campeonato Espanhol fora de casa. Quis o destino que o adversário de 50 anos antes fosse o mesmo nesta data histórica. O Atlético venceu o Valencia, desta vez jogando em Mestalla, e fez a alegria dos colchoneros no dia dos 50 anos do Calderón.

Na temporada que se comemora os 50 anos do estádio, o Atlético de Madrid também e despede da sua quarta casa. Depois de deixar o Campo del Retiro em 1913, de trocar o Campo de O’Donnell pelo Metropolitano em 1923 e de trocar o Metropolitano pelo então estádio de Manzanares em 1966, o Atlético fará mais uma mudança em 2017. A partida de julho, o clube deixa o Vicente Calderón e se instala na Peineta. O então estádio Olímpico de Madrid, conhecido como La Peineta, passará a ser a casa dos colchoneros. O local ainda não está prontos, mas o Atlético se encarrega de ir informado praticamente mensalmente como avança a obra da nova casa.

La Peineta, que deverá se chamar de outra forma até sua inauguração, será moderno e contará com 67 mil lugares, mais de 10 mil a mais que o atual estádio. Sua localização será distante do bairro atual, mas o clube espera cercar a nova casa com a mesma energia que o Calderón emana. Quer conhecer um pouco mais sobre o novo estádio do Atlético de Madrid? Então confere aí!

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.