No último domingo o estádio Vicente Calderón comemorou 50 anos. A atual casa do Atlético de Madrid foi inaugurada no dia 2 de outubro de 1966. Naquele então, o Atlético empatou a partida com o Valencia, com um gol marcado por Luis Aragonés. Neste 2 de outubro de 2016, o clube abriu as portas do estádio para receber os sócios já que a equipe disputava sua partida pela Campeonato Espanhol fora de casa. Quis o destino que o adversário de 50 anos antes fosse o mesmo nesta data histórica. O Atlético venceu o Valencia, desta vez jogando em Mestalla, e fez a alegria dos colchoneros no dia dos 50 anos do Calderón.

Na temporada que se comemora os 50 anos do estádio, o Atlético de Madrid também e despede da sua quarta casa. Depois de deixar o Campo del Retiro em 1913, de trocar o Campo de O’Donnell pelo Metropolitano em 1923 e de trocar o Metropolitano pelo então estádio de Manzanares em 1966, o Atlético fará mais uma mudança em 2017. A partida de julho, o clube deixa o Vicente Calderón e se instala na Peineta. O então estádio Olímpico de Madrid, conhecido como La Peineta, passará a ser a casa dos colchoneros. O local ainda não está prontos, mas o Atlético se encarrega de ir informado praticamente mensalmente como avança a obra da nova casa.

La Peineta, que deverá se chamar de outra forma até sua inauguração, será moderno e contará com 67 mil lugares, mais de 10 mil a mais que o atual estádio. Sua localização será distante do bairro atual, mas o clube espera cercar a nova casa com a mesma energia que o Calderón emana. Quer conhecer um pouco mais sobre o novo estádio do Atlético de Madrid? Então confere aí!

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here