Com três espanhóis na lista dos oito melhores clubes da Europa era difícil que dois deles não se enfrentassem nas quartas de final da Liga dos Campeões 2015/2016. Em 2014 tivemos um Barça x Atleti, em 2015 um Real x Atleti e esta temporada novamente um Barcelona x Atlético de Madrid.

Pela terceira temporada consecutiva o Atlético está nas quartas de final e pele terceira vez terá que encarar um adversário nacional para avançar na competição. Na temporada 2013/14 conseguiu eliminar o Barcelona. Já com Simeone no comando, o Atleti empatou a partida de ida das quartas no Campo Nou em 1×1 e venceu a volta, no Calderón, por 1×0. Depois eliminou o Chelsea na semifinal e chegou à final contra o Real Madrid. Na temporada 2014/15 precisou encarar o Real Madrid nas quartas de final. O jogo de ida terminou empatado e o Real venceu a volta.

O Barcelona, que chega às quartas por nona temporada consecutiva, não teve que enfrentar clubes espanhóis na última temporada. Para chegar ao título eliminou o PSG nas quartas, depois o Bayern de Munique na semifinal e venceu o Juventus na final em Berlim.

Em 7 dias Barcelona e Atlético de Madrid entram em campo novamente e só um dos dois estará nas semifinais da Champions League. O Barcelona é favorito, conta com a MSN em grande momento e, salvo algum imprevisto nos próximos dias, deve contar com seus principais jogadores para o jogo de ida no Camp Nou.

Já o Atlético de Madrid se concentra em recuperar os lesionados. Hoje, a uma semana do jogo, o time só conta com um dos quatro zagueiros do elenco prontos para jogar. Saviv, que se recuperou de lesão e foi liberado esta semana pelo Departamento Médico do clube, é o único zagueiro disponível. Lucas Hernández enfrenta problemas nas costas, mas deve estar recuperado ainda para o fim de semana, e Godín é a grande esperança de recuperação do clube. O uruguaio se lesionou na partida de volta das oitavas de final contra o PSV, mas trabalhar forte para estar em campo na terça. Giménez, o outro zagueiro titular não estará recuperado para o jogo.

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

1 Comentário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.