Fernando Torres demorou mais de 2 mil minutos para chegar aos 100 gols com a camisa do Atlético de Madrid. Se o tempo entre o gol 99 e o 100 foi esse, os minutos entre o 100 e 0 101 foram infinitamente menores.

O atacante foi o escolhido por Simeone para começar a partida de hoje, contra o Getafe, pela 25ª rodada do Campeonato Espanhol. Torres só precisou de um minuto de jogo para abrir o placar, marcar seu gol de número 101 com o Atlético de Madrid e garantir a vitória dos colchoneros. Após um belo passe de Carrasco, Torres chutou pra dentro do gol. E este foi o único gol da partida.

Durante os outros 89 minutos, vimos o Getafe se defender e o Atlético atacar sem grande perigo. Se no primeiro tempo, após o gol, a partida foi sem fortes emoções, no segundo tempo, o jogo foi ainda mais lento. O principal acontecimento da segunda parte foi a lesão de Yannick Carrasco. O belga saiu de campo machucado e pode ser ausência nos próximos jogos. O clube ainda não confirmou a lesão.

Vitória por 1×0, três pontos e vice-liderança. O Atlético de Madrid, melhor defesa do Espanhol com 11 gols sofridos, depois de dois jogos seguidos sofrendo gols, terminar uma partida sem levar gols. Esta é a 15ª rodada, das 25 jogadas, que o Atlético finaliza uma partida sem receber gols. E o Getafe segue sem marcar contra o Atlético de Madrid de Diego Pablo Simeone.

Com o resultado, os colchoneros se mantém com um ponto de vantagem sobre o Real Madrid e seguem na cola do Barcelona. O Atlético é vice, com 54 pontos, e o Real Madrid terceiro, com 53. O Barcelona, que fará esta semana a partida atrasada, pode abrir 6 pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid e 7 sobre o Real.

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.