O Sevilla, atual campeão da Liga Europa, tenta hoje o quarto título da competição e a vaga direta para a Liga dos Campeões 2015-16. Se vencer o Dnipro na final da Europa League 2015, que acontece esta tarde em Varsóvia, o Sevilla será o maior campeão da competição, carimbará o passaporte para as a Champions League e abrirá a possibilidade de termos cinco espanhóis na próxima Liga dos Campeões.

É muita coisa em jogo. O time de Unai Emery, que terminou o Campeonato Espanhol em quinto lugar, tem hoje a possibilidade de levantar sua quarta Liga Europa e conseguir uma vaga na Liga dos Campeões. Para isso, terá que derrotar o Dnipro, a zebra da competição, que derrotou o Napoli nas semifinais e garantiu uma vaga na final.

Os sevillanos fizeram uma grande temporada e vão finalizar a temporada com esta final. Na ano passado o time também esteve na final da Liga Europa 2014 e acabou derrotando o Benfica nos pênaltis. Este ano, sem uma de suas estrelas de então, Ivan Rakitic – que foi para o Barcelona -, os sevillanos terão que contar com os jogadores que tem marcado a diferença na temporada. O goleiro, recém convocado para defender a Seleção Espanhola, Sergio Rico é um dos destaques. Tão importante como Rico, são O lateral Aleix Vidal, também convocado por Del Bosque, o atacante Vitolo e o centro-avante Bacca. Além, é claro, do representante polonês – que deve trazer a torcida local para o lado do Sevilla – Krychowiak. Isso sem falar em Iborra e Gameiro, que devem começar no banco mas são decisivos em partidas importantes.

Sevilla disputa a final da Liga Europa

A final da Liga Europa 2015, Sevilla x Dnipro começa às 15h45 e terá transmissão do Esporte Interativo.

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.