Sempre que um Davi vai lá e derruba um Golias eu não posso evitar de lembrar da minha querida ACBF que lá nos anos 90 cresceu e acabou com todos os grande do futsal brasileiro. Por neste domingo pude reviver um pouco deste sentimento. O Jaén, clube modesto do futsal espanhol, foi lá e levantou a Copa da Espanha de Futsal derrotando nada mais nada menos que o todo poderoso Barcelona na final. É para poucos!

 

Em sua primeira participação na competição, o Jaén fez milagre. Primeiro o time eliminou o El Pozo, um dos grandes, nas quartas de final. Depois mandou o Burela (que havia elimino o outro todo poderoso Inter Movistar) para casa. Ao chegar à final teve que encarar o Barcelona, atual líder da Liga e um times de futsal mais fortes do mundo. O Jaén não tremeu na base.

[rpi]

 

O Jaén abriu o placar logo aos 48 segundo de jogo, com Solano. Chino ampliou aos 15 minutos e a esperança do time em bater o Barça já era uma realidade. Os culés descontaram com Ferrão, ainda no primeiro tempo. Na segunda parte, Buendia ampliou para o Jaén e José Lopes fez o quarto. Chino fez o quinto e Cuco o sexto. O título já era do Jaén. O Barcelona ainda descontou com dois gols do brasileiro Wilde, mas a festa já era do Jaén. O jogo terminou 6×4 e o Jaén Paraíso Interior entrou para a história do futsal espanhol.

 

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.