Atlético de Madrid e Barcelona fizeram um jogo digno de uma final de Copa do Rei. Teve gol para os dois lados, pênalti mal marcado, pênalti não marcado, vermelho no vestiário, chuteira voando em direção ao bandeirinha e briga, muita briga. Uma verdadeira final. Mas de final mesmo não tinha nada. Era o segundo jogo qdas quartas de final e o Barcelona levou a melhor. Venceu a partida de ida por 1×0 e esta de volta por 3×2. O Barça está nas semifinais da Copa do Rei da Espanha 2015 e tem tudo para chegar à final.

 

A partida começou já com um gol antes do primeiro minuto de jogo. Fernando Torres, que havia feito dois assim no Real Madrid, abriu o placar para o Atlético de Madrid. O Barça, que vinha com a vantagem de 1×0, não se assustou com o gol e foi pra cima. Em uma jogada que começou com Messi, passou por Suárez e terminou em Neymar veio o empate. Neymar deixou tudo igual. O juiz deu um pênalti, que foi fora da área, e Raúl García voltou a colocar o Atlético na frente. Em uma bola parada, naquelas jogadas que o Alético costuma marcar, Miranda desviou e fez contra. Tudo igual outra vez, Atlético 2×2 Barcelona. Antes do final do primeiro tempo, em uma arracanda de Jordi Alba, Neymar fez o terceiro do Barça e o seu segundo na partida. Em 8 jogos contra o Atleti, Neymar marcou 5 gols. No final da primeira parte, Neymar se entranhou com Raúl García e Fernando Torres e o tempo fechou. Não se sabe se por isso, mas deve ser, Gabi foi expulso no vestiário e não voltou para o segundo tempo.

 

Fernando Torres gol Barcelona
as.com

 

Com 10 em campo e sem Griezmann, Simeone decidiu tirar o francês e colocar Saúl, o Atlético foi para o segundo tempo sabendo que fazer três seria praticamente impossível. O Barcelona controlou a partida e os jogadores praticamente andaram toda a segunda parte. Os dois fatos mais importantes foram o Arda Turan atirando a chuteira no bandeirinha após ficar descalço depois de uma disputa e o Juanfran lembrando o 7×1. O jogador recebeu cartão amarelo. Cani fez seus primeiros minutos com a camisa do Atlético e pouco mais. O segundo tempo foi o oposto do primeiro, ritmo zero e pouco futebol. Neymar saiu aos 30 minutos do segundo tempo muito vaiado. O brasileiro já é odiado no Calderón. Antes do final da partida, Maria Suárez também foi expulso e o Atleti terminou com 9. Atlético de Madrid 2×3 Barcelona.

[rpi]

 

O Barcelona agora espera o adversário nas semifinais, que sairá amanhã da partida entra Villarreal e Getafe. A outra semifinal será entre os vencedores das eliminatórias entre Málaga x Athletic de Bilbao e Espanyol x Sevilla.

 

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.