A Seleção Espanhola confirmou a participação na Copa de 1986 passar por um grupo duro de classificação, com País de Gales, Islândia e Escócia. Mas já falaremos mais sobre a Fúria.

 

A segunda Copa realizada no México, em 16 anos, inicialmente a Copa seria disputada na Colômbia. Porém, os problemas econômicos do país impediram que o mundial acontecesse na Colômbia e o México recebeu novamente o mundial. A 13ª Copa do Mundo contou com 24 seleções divididas em seis grupos. Os dois primeiros de cada grupo e os 4 terceiros melhores se classificavam para as oitavas de final.

 

Brasil e Espanha caíram no mesmo grupo, o D. O Brasil venceu todos os jogos da primeira fase, mas acabou caindo diante da França nas quartas de final. Quem não deu mole nesta Copa foi a Argentina. A Copa de 1986 foi a Copa de Maradona. Os hermanos foram eliminando todo mundo que passava pela frente, inclusive sua rival política a Inglaterra. Nas quartas de final a famosa Mano de Dios de Maradona e o gol mítico do Pibe passando por metade do time inglês. O mito de Maradona se reforçou e na final a Argentina venceu a Alemanha Ocidental por 3×2 e levantou seu segunda Copa do Mundo, Maradona foi o craque da competição.

 

Mano de Dios Maradona 86

 

O treinador da Fúria, Miguel Muñoz convoco 22 jogadores para a Copa de 86. O goleiro Arconada, que disputou a Copa de 82, foi substituído por Zubizarreta e o treinador só chamou dois zagueiros e foi muito criticado pela opinião pública. A base da Espanha nesta Copa era a Quinta del Buitre do Real Madrid. Os jogadores que representaram a Espanha na Copa de 86:

  • Goleiros: Zubizarreta (Barcelona), Ablanedo (Sporting) e Urruti (Barcelona);
  • Defesas: Tomás (Atlético de Madrid), Chendo (Madrid), Goikoetxea (Athletic), Maceda (Madrid), Camacho (Madrid) e Julio Alberto (Barcelona);
  • Meias: Michel (Madrid), Víctor (Barça), Señor (Zaragoza), Quique Setién (Atlético), Gallego (Madrid), Francisco (Sevilla), Calderé (Barça) e Gordillo (Madrid);
  • Atacantes: Eloy (Sporting), Butragueño (Madrid), Julio salinas (Atheltic), Rincón (Betis) e Carrasco (Barça).

 

O primeiro jogo da Espanha foi contra o Brasil. Aos 52 minutos de jogo, Michel chuta e a bola bate na trave e entra. Porém, o árbitro não ve que a bola entra e não marca o qe seria o primeiro gol da Espanha no jogo e naquela Copa. Sócrates foi o 1×0 de cabeça, gol impedido do brasileiro que o árbitro validou. A partida terminou 1×0 e a Espanha perdeu um jogo que poderia ter vencido. O segundo encontro é contra a Irlanda do Norte. Já aos 2 minutos de jogo Butragueño abriu o placar para a Fúria e aos 18 Julio Salina ampliou para 2×0. A Irlanda descontou aos 54, mas a Espanha conquistou a vitória na partida por 2×1. No último jogo da fase de grupos, a Fúria encarou a Argelia e goleou. Fez 3×0, com gols de Calderé (2) e Eloy. O Brasil terminou em primeiro do grupo e a Espanha em segundo.

 

Butragueño Espanha na Copa 1986
Butragueño com a Espanha na Copa 1986

 

Nas oitavas de final, a Fúria encarou a Dinamarca, que fez uma grande primeira fase e se classificou em primeiro no grupo E. os espanhóis estavam preocupados com a partida e davam o Mundial como perdido antes mesmo do jogo começar. Mas como no futebol não tem vencedor antes dos 90 minutos terminarem, a história não foi bem assim. Aos 33 a Dinamarca abre o placar com um gol de pênalti e dez minutos depois começa a recuperação da Fúria. Butragueño faz o 1×1 ainda antes do intervalo e vira a partida aos 11 do segundo tempo. Goikoetxea faz o terceiro, Butragueño o quarto e quinto.

 

A Espanha está nas quartas de finais e o adversário é a Bélgica. A esperança de seguir na Copa toma conta do país e o jogo contra a Bélgica. Nos 90 minutos 1×1, com gol de Señor. A eliminatória vai para a prorrogação e nada, segue 1×1. Os penâltis definem o semifinalista da Copa. A Bélgica erra mesmo e faz 5×4. A Espanha voltou para casa com a cabeça erguida e com a tristeza não ter enfrentado a Argentina nas semifinais. Teria sido um grande jogo.

 

COMPARTIR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Escreva seu comentário
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.