A lista final de jogadores convocados para representar a Espanha na Eurocopa da França sai no dia 17 de maio. Antes disso, o técnico da Fúria Vicente del Bosque teve dois amistosos pra provar jogadores e definir os 23 que estarão na convocação.

Para as duas partidas antes desta data, Del Bosque chamou 25 jogadores. Sergio Busquets, ainda antes do primeiro amistoso, e Sergio Ramos, após o segundo, deixaram a concentração. Iniesta e Diego Costa não entraram na lista. Sergi Roberto recebeu sua primeira oportunidade e Aritz Aduriz vou após quase 6 anos longe da Seleção.

Na partida contra a Itália vimos uma Seleção Espanhola com muitos problemas. A falta de Iniesta e Busquets no meio foi sentida e o jogo não funcionou. A Itália dominou a partida e De Gea foi o melhor em campo. Morata e Aduriz, a nova dupla de ataque provada por Del Bosque, foram bem e um dos poucos destaques positivos da Fúria. O empate em 1×1 em Udine não agradou.

No segundo jogo, contra a Romênia – em teoria um adversário inferior – mais problemas. O único jogador repetido na escalação foi Piqué, os demais não haviam sido titulares na partida contra a Itália. O novo 11 de Del Boque não funcionou e apresentou ainda mais problemas que o primeiro. A entrada de Fábregas, Mata, Morata e Aduriz no segundo tempo devolveu algo de jogo à seleção, mas não foi suficiente para sair do 0x0 com a Romênia.

A 3 meses da Eurocopa da França, a Espanha segue longe do seu melhor futebol. Seja pelas ausências de jogadores importantes como Iniesta e Busquets ou pela falta de um novo estilo de jogo, a Seleção Espanhola precisará melhorar muito se quiser ter algo de possibilidade de conquista o tri da Euro. Tal e como está neste momento, a Fúria tem poucas possibilidades contra seleções como a Alemanha a França e até a própria Inglaterra que parece estar se reerguendo.

COMPARTILHAR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA