Miguel Ángel Portugal foi criticado e vaiado pela torcida do Atlético Paranaense no jogo de volta da pré-Libertadores. Era a primeira vez que o técnico espanhol ficava cara a cara com a torcida do Furacão. O encontro não foi bom e promete ser continuar sendo turbulento, mas o clube conseguiu se classificar para a fase de grupos da Libertadores.

 

O motivo de tanta critica foi o fato do treinador escalar o time com três atacantes, mas sem um meia de criação. O primeiro tempo foi complicado e no segundo, com a entrada do também espanhol Fran Mérida o time melhorou. Venceu por 2×1, com uma pitada de sorte e está lá.

 

Veremos como serão os próximos jogos do Furacão e como evoluirá a relação entre treinador e torcida. Como o Atlético Paranaense é o único time brasileiro que conta com espanhóis, estaremos de olho!

 

COMPARTILHAR
Jornalista, gaúcha e apaixonada por futebol espanhol. Em Madrid desde 2011, edita o Efeito Fúria especialmente para os loucos por futebol espanhol que querem acompanhar tudo que acontece na Espanha.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA